Prefeitos discutem obras paradas e fusão dos pequenos municípios

Reunidos na manhã deste sexta-feira (13), em Cascavel, prefeitos associados à Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná) discutiram temas de relevância aos 54 municípios associados e questões que permanecem pendentes na pauta municipalista.

Entre eles, proposta defendida pelo senador paranaense Oriovisto Guimarães, que transforma em distritos municípios com população reduzida. A Amop entende que não é diminuindo a quantidade de municípios que as necessidades da população serão solucionadas. Diante disso, a entidade municipalista oestina fará uma moção de repúdio a essa proposição.

Outro tema discutido foi a necessidade de mais recursos para a área de saúde, especialmente a conclusão de importantes obras, como o Hospital Regional de Toledo e a ala de queimados do Huop (Hospital Regional do Oeste do Paraná).

Participaram da reunião, além de prefeitos e prefeitas associados à entidade municipalista oestina, os deputados Sérgio Souza (federal) e Marcel Micheletto (estadual). Os trabalhos foram conduzidos pelo prefeito de Jesuítas e presidente da Amop, Junior Weiller.

Também estiveram na pauta de discussões os seguintes assuntos: explanação do diretor do escritório regional do Paranacidade, Fernando Dillenburg, apresentação de proposta de representantes da empresa Actcon, sobre cobranças de bancos e cartórios, e ainda: parceria com escolinhas de futebol do Atlético Paranaense e realização de rodada de negócios do BRDE e Fomento Paraná.

Share this:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *