Amop cobra agilidade na liberação de licenças ambientais pelo IAP

O prefeito de Maripá e presidente da Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná), Anderson Bento Maria, manteve audiência nesta terça-feira (19), em Curitiba, com o presidente do IAP (Instituto Ambiental do Paraná), Paulino Mexia, para discutir pendências que envolvem a liberação de relatórios ambientais por parte do conjunto 54 municípios associados.
De acordo com Anderson, que esteve acompanhado do deputado estadual Élio Rusch, o problema maior é a falta de servidores concursados por parte do órgão estadual, situação que compromete a qualidade e agilidade no atendimento à população, colocando em risco, inclusive, investimentos privados. Por consequência, destaca o presidente da Amop, o problema afeta principalmente empresários e pequenos produtores rurais.
Por outro lado, Amop e IAP discutiram a formalização de parcerias que serão efetivadas por meio da realização de convênios de cessão de servidores das prefeituras, que disponibilizariam seu corpo técnico, funcionários de carreira com afinidade na área e expertise no setor, para auxiliar na agilização de procedimentos cotidianos. O problema da destinação de resíduos volumosos também foi discutido na reunião.

Share this:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *