UMA SÓ VOZ POD cobra o engajamento em favor de bandeiras de luta

Líderes do POD (Programa Oeste em Desenvolvimento) participaram na tarde desta sexta-feira (25) de assembleia da Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná), em Cascavel. Eles discutiram temas relacionados às principais bandeiras de luta da região Oeste, como o Aeroporto Regional, Ferroeste, duplicação de rodovias, renovação do contrato de pedágios, Trevo Cataratas e outros, além da necessidade de ampliação de mecanismos de defesa e sanidade animal.
Participaram da reunião, comandada pelo prefeito de Matelândia e presidente da Amop, Rineu Menoncin (Teixeirinha), o presidente do POD, Danilo Vendruscolo, o presidente da Acic, Edson Vasconcelos, o deputado estadual Professor Lemos, o prefeito de Assis Chateaubriand e presidente da AMP, Marcel Micheletto e outras lideranças regionais como o presidente do Sindicato Rural Patronal, Paulo Orso, o diretor executivo do Sebrae, Orestes Hotz, o líder cooperativista Elias Zydek, o coordenador regional do Governo do Estado, Eliezer Fontana.
O exemplo de Maringá, cidade de porte um pouco maior do que o de Cascavel, mas infinitamente superior no que se refere a repasses e subvenções públicas, tanto do governo federal quanto estadual, foi discutido durante a reunião. Os oestinos querem utilizar o exemplo da cidade do Norte do Paraná, sua força política e capacidade de articulação, como inspiração.
Neste sentido, relatam que tirar do papel projetos como um novo traçado ferroviário no Litoral do Estado, o que viabilizaria economicamente a Ferroeste, e construir um aeroporto de grandes dimensões a partir do nada é um grande desafio, mas não impossível de ser concretizado. Para torná-lo factível, é preciso – primeiramente – unificar o idioma dos líderes, conforme ficou acertado em consenso entre os participantes da reunião.

Share this:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *