Leonir defende união de prefeitos para solucionar gargalos da saúde

Eleito por unanimidade de votos na manhã desta terça-feira (2), o novo presidente do Cisop (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste do Paraná), Leonir dos Santos (prefeito de Boa Vista da Aparecida), afirmou que, somente com a união dos 25 municípios associados, e mais os governos federal e estadual, será possível solucionar os gargalos da saúde enfrentados pela população da região Oeste do Paraná.
A eleição e posse foi realizada na sede da Amop, em Cascavel, e contou com a presença de 19 prefeitos, três vices e ainda o deputado estadual André Bueno; o coordenador regional do Governo do Estado, Eliezer Fontana, o chefe da 10ª Regional de Saúde, Miroslau Bailak; vereadores, secretários municipais de saúde e representantes da imprensa. O mandato é de dois anos, em substituição ao ex-prefeito de Diamante do Sul, Darci Tirelli.
Leonir assume a presidência de uma entidade cuja história se confunde com sua trajetória política. Vereador por três mandatos consecutivos, o novo presidente transportava pacientes de sua cidade a Cascavel antes de o Cisop ser constituído, ou seja, quando a entidade ainda se chamava CRE (Centro Regional de Especialidades), ligado à Secretaria Estadual de Saúde. “Convivi do outro lado do balcão, vivenciando o drama das milhares de pessoas que, angustiadas, esperavam atendimento aos seus problemas de saúde. Essa lembrança jamais vai sair da minha memória”, disse.
Fazem parte da nova diretoria os seguintes prefeitos: Vlademir Barella, de Iguatu (vice-presidente); Carlos Reis, de Anahy (secretário) e Renato Tonidandel, de Santa Lúcia (tesoureiro). O conselho fiscal é composto por Fernando Risso, de Diamante do Sul; Germano Bonamigo, de Céu Azul; e Edinei Sgobi, de Vera Cruz do Oeste (titulares) e Donizete Lemos, de Iracema do Oeste (suplente).
Antes da eleição, Tirelli fez um relato dos quatro anos em que esteve à frente da presidência. Entre as principais ações desenvolvidas, citou, estão o início da construção do novo ambulatório, inauguração do ambulatório de gestação de alto risco, criação de consultório oftalmológico, inauguração do SIM-PR, redução de demandas judiciais, fim do fura fila, aquisição de frota de ônibus e ambulância, reforma do atual ambulatório e aquisição de nova sede administrativa.

Share this:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *